segunda-feira, 4 de junho de 2007

Conversa de sexta

Pois é... vários pontos, mas acho que os mais importantes foram os seguintes:

Eu:
- Visão de longo prazo
- Possibilidade de crescimento
- A intenção vem desde o fim do ano passado, minha pessoal e da minha família

Eles (enquanto Profissional):
- Em consultoria o aprendizado técnico é muito maior
- Padrão de fábrica

Eu:
- Busca por conhecer padrões de multinacionais
- Tentativa de implementação de padrões aqui seria frustrada

Eles:
- Por que não padronizar aqui?

Eu:
- Não conheço padrões. Melhor conhecer antes ao invés de implementar errado.
- Outros podem fazê-lo também.

Eles (enquanto Masterdom):
- Parceiria pressupõe que não haja esse tipo de troca com prejuízo para um dos lados
- Teríamos uma série de prejuízos com isso (certificados, clientes, etc)

Eu:
- Enquanto pessoa, acho necessário buscar crescimento contínuo
- Três pendências neste âmbito. Acadêmica: uma pós ou MBA. Profissional: uma multinacional e ser proprietário um dia
- Eles não poderiam cercear o direito de alguém de encontrar novas oportunidades, onde quer que sejam
- As opções avaliadas foram 4: consultoria concorrente, cliente, não-cliente e fornecedor. As duas primeiras não seriam nem minimamente éticas, a segunda vai de encontro a idéia de querer crescer, que só ocorreria em empresas de TI, no caso, a maior delas é justamente o fornecedor.

Eles:
- A escolha por esse argumento é certa
- Quando?

Eu:
- Eles não ligaram???
- O previsto por eles é 11 de Junho, mas acho que nem eles conseguem esse prazo.

Eles:
- Vamos precisar colar alguém em você. A Prodesp já sabe?

Eu:
- Informalmente algumas pessoas.

Eles:
- Precisamos de algum tempo digerir isso. Certamente quem não está disponível vai querer conversar também.
- E temos que ver o quê e como vão dizer ao ligarem.

Eu:
- Se não der certo, se vocês estiverem certos e eu não aguentar a diferença, gostaria de poder voltar.

Eles:
- As portas certamente estarão abertas.

Acho que foi uma conversa de muito alto nível. Fiquei muito feliz com o comportamento deles. O resultado não foi imediato, como eu esperava, mas visto que ainda não houve contato, acho que foi a melhor conclusão. Aliás, ainda bem que as coisas ocorreram nessa ordem.

*´s / [ ]´s

Nenhum comentário: